domingo, 27 de fevereiro de 2011

Gyaru: Montando seu guarda-roupa


Ninguém vira gyaru da noite pro dia, tudo necessita de pesquisa, investimento e dedicação. Todos precisam começar de algum lugar e isso depende exclusivamente de você, porém aqui vão algumas dicas que poderão te ajudar a encontrar a luz.
P.S.: Aqui irei focar realmente no guarda-roupa, maquiagem e cabelo deixarei para um próximo artigo.

Não saia comprando, comprando e comprando!
Gastar, gastar e gastar. Calma menina! Sei que está ansiosa, mas este nunca é o melhor caminho.  Não é porque possui dinheiro que precisa esbanjar e nem porque não possui muito que tem que desistir.  Gyaru não é um estilo barato, mas comparado a outros estilos japoneses ele é bem mais acessível, ou seja, se souber ser racional e paciente os gastos caem consideravelmente. E lembre-se: tudo começa com a teoria, depois a pratica.

Pesquise
Não saber inglês não é mais desculpa! Atualmente possuímos um bom número de blogs de gyarus brasileiras, fromsprings, tumblrs, etc. traduzindo artigos, postando tutoriais e a disposição para tirar suas dúvidas. Ainda assim temos tradutores, que apesar de traduzirem porcamente, ainda quebram um galho. Cuidado com certos sites, nem tudo que se lê é a verdade absoluta, cabe a você ter a percepção para saber se o que lê tem fontes confiáveis. Se ainda está perdida, aqui alguns sites para começar:

Escolha seu estilo
Foco! Escolher um dos subestilos gyarus vai ajudar na hora de montar seu guarda-roupa, ele já vai de dar um caminho, pois cada estilo possui roupas, maquiagem e cabelo específicos, caso queira usar um pouquinho de cada dificilmente conseguirá fazer algo consistente, coordenar e, se me perdoem a palavra, seu guarda-roupa vai virar uma suruba e você só ficará mais perdida. Por meio da pesquisa, analise qual estilo combina mais com você e procure referências dele, se aprofunde.
Uma dica: não comece por estilo extremamente complicados e caros, muitas meninas amam Hime, porém Hime além de caro exige muito de si, não que não seja capaz, porém talvez lhe falte experiência. Comece com estilos mais lights, aprenda a fazê-lo bem e então parta para um estilo mais extremo.
Estilo não é trend. Muitos estilos Gal possuem diversas trends (como: haddy, rokku, erokawaii, mode, entre outros) e se quiser seguir uma mais especifica muito bem, mas lembre-se que são tendências e, portanto, estão cheias de altos e baixos.

Veja revistas
Não adianta fugir delas, elas são sua base. A maior parte da referência gyaru sai delas, elas ditam a moda. Cada revista possui um enfoque em alguns estilos, tenha principalmente aquelas referentes ao estilo que escolheu seguir. Para downloads da revista recomendo a JMagazines Scans e se preferir ver online acesse  vvshu.
Um guia de revistas que pode lhe ser útil: Guia de Revistas Parte 1 e Parte 2


Revire seu guarda-roupa
Agora chegou a hora de comprar? Não. Gyaru é um estilo versátil e muito amplo. Escancare as portas do seu guarda-roupa, jogue tudo sobre a cama e separe as roupas que possa usar no estilo. Aproveite para fazer uma limpa em roupas que não usa mais e doá-las para a caridade. De resto, não jogue nada fora, normalmente as pessoas não começam a usar o estilo todos os dias, mas aos poucos, começando com uma inspiração é algo gradual.

Invista nas peças chaves
Então finalmente, compras! Seja racional e paciente neste momento, a euforia pode te atrapalhar. Sempre que ver uma peça pense, será que vale a pena? Não posso encontrar peça semelhante e mais barata (com qualidade, claro!)? Ela fica bem no mim? E principalmente, eu gosto dela? A peça tem que te agradar, é você que vai usá-la e, portanto você tem que se sentir bem com ela. Investir em peças chaves é o melhor negócio, pois elas dão na maioria dos outfits sendo fáceis de coordenar. Não se deixe levar pelas tendências, elas passam.
Importar é bom, mas às vezes é um jogo de sorte, você não pode experimentar e ver a qualidade do produto de cara e os produtos nacionais não são de todo ruim, talvez a principio deva ir a lojas físicas e experimentar, tem muitos produtos bons para o estilo.
Experimente
Pegue um espelho e teste combinações, ele será seu grande companheiro. Não faça nada as cegas, olhe e analise, pergunte o que está faltando.  Esta pratica evita muito de sair com algo completamente fora do contexto.
Algo que vi num artigo e achei bastante interessante, é pegar fotos de estilos que te inspiram e tentar copiá-los. Sim, copiar. Em primeiro momento é isso que fará, porém não mantenha essa pratica por muito tempo, aos poucos você pegará o jeito e adicionará seu toque pessoal.

Prime pelos detalhes
Não fique apenas no básico, um detalhe pode fazer uma grande diferença, transformar seu outfit radicalmente. Um cinto, um acessório, unhas, algo que o deixe interessante. Quando pensar, será? Não pense, faça, teste, transforme o simples em sublime! 

Não se esqueça dos acessórios
Outfit não é só roupa! Este é um detalhe esquecido por muitos, um colar, um brinco, uma pulseira, um relógio, um cinto, tudo pode enriquecer e melhorar sua combinação. Invista aos poucos, visite a sessão de bijuterias e leve sempre uma coisinha ou outra.
Não seja gyaru de internet
A pratica leva a perfeição. Gyaru é um estilo para você, um estilo para o dia-a-dia e não para ficar enfurnada em casa e tirar uma foto. Não se sinta na obrigação de agradar alguém, pense na sua evolução pessoal, sempre seja crítica exija mais de si. Aproveite e use o estilo como um motivo para sair mais e se divertir. Ser Gal é ter atitude!

Este artigo contém muito do que li e um pouco de opinião pessoal, então discordâncias podem ocorrer. Espero que tenham gostado. Go go Gals!

12 comentários:

Chris CatKiki disse...

Hum, eu tenho me inspirado mais no estilo Lolita últimamente, mas estou começando a me interessar no estilo Gyaru... Hum vou seguir suas dicas e pesquisar mais coisinhas... gostei!=)

★★ GIZA ★★ disse...

oi!!!
adorei seu blog e estou seguindo.
me segue de volta?
www.amorimortall.blogspot.com
beijos

M I L K Y disse...

gostei muito do post mesmo. ^^
fiz uma limpeza do meu gurada roupa esses dias mesmo. rsrs'

ichigo hime disse...

Gostei muito do post ♥
Acho que para lolita, gyaru, ou qualquer outro estilo em que a pessoa estiver começando, o mais importante é muita pesquisa mesmo, tanto pra não sair fazendo merda quanto pra aprender onde e como comprar (algumas precisam economizar mesmo, né ><).

Saôri disse...

ah que post lindo Mandy!
Super útil e prático, adorei!
é tão lindo ver gals cm vc ajudando outras gals a começarem, mt amor >3

Lu disse...

ótimo post, especialmente para quem está começando!

ainda me considero uma gyaru de armário pois tem certas coisas que ainda não consigo usar fora de casa, como unhas decoradas/falsas e cílios falsos muito indiscretos :c
mas enquanto eu me acostumo vou tentando investir em peças básicas, como você disse.

Núbia disse...

Ser Gal é ter atitude e olhe lá, uma personalidade forte é o que não falta!
Apesar de não ser uma, algumas dicas que estão aí serviram pra mim também hehehe
Beijo

priscilla rarimmy disse...

Mandy que post maravilhoso!
Ultimamente eu tenho refletido bastante quanto ao estilo gyaru, toda vez que saio para comprar algo eu penso "Será que isso é gyaru? eu vou poder cordenar com outras roupas?" Se a resposta for não eu simplesmente não compro, as vezes dói o coração por ter adorado um vestidinho ou sapato, mas não adianta nada comprar algo que eu só possa usar de vez em quando. Achei bem engraçada a dica de não ser gyaru de internet rs.
kissus

Pee. disse...

Adorei o post. É muito bom pra quem curte o estilo e está começando. Com certeza vai ajudar muita gente a não trocar os pés pelas mãos.
Parabéns! Aguardarei ansiosamento por posts como esse.

Giselly disse...

Adorei o post! Parabéns! E você falou tudo em: Ser gal é ter atitude! Estou começando.. Kissu <3

Fernanda ♬ ★ ♥ ♪ ★ ☆~ disse...

"Gyaru é um estilo para você, um estilo para o dia-a-dia e não para ficar enfurnada em casa e tirar uma foto."

toda gyaru wannabe tinha que levar esse pensamento consigo. :)

Suzie disse...

Meu deus, me indentifiquei muito com o estilo, tanto que vou aderir. Uma decisão complicada, mas que conseguirei poi seu blog é uma ótima base. Diferentemente do estilo Ulzzang, o Gyaru me da uma liberdade, e tem um fundo histórico muito legal. Curti muito! AMO SEU BLOG!

Postar um comentário

 

. Copyright © 2012 Design by Antonia Sundrani Vinte e poucos